Tourada à moda viking



As fotos ao lado chocam pela quantidade de sangue derramado pelas baleias sacrificadas cruelmente. Choca ainda mais quando se descobre onde isso ocorre: na Dinamarca, um dos países símbolos do desenvolvimento econômico e cultural no mundo.

Encurralar baleias e depois matá-las a golpes de facadas é um evento anual nas Ilhas Feroe, arquipélago de 47 mil habitantes na Dinamarca, como conta a reportagem do
Ambiente Brasil. A matança atrai moradores e até as crianças são dispensadas da aula para ver a carnificina.

Uma petição para acabar com a prática foi formulada e circula pela Internet. Segundo o documento, essa caça esportiva foi abandonada em todo o mundo e hoje é proibida. Ele afirma também que os habitantes da ilha sequer aproveitam a carne das baleias que é contaminada com metais pesados.

(Thaís Ferreira)

Nenhum comentário: