Fome


Foto: Brennan Linsley/AP



"No dia em que a fome for erradicada da Terra, haverá uma grande explosão espiritual como o mundo nunca viu. " Federico García Lorca (1898-1936).
A fome é hoje a maior epidemia do planeta, cujo drama a humanidade tem assistido de braços cruzados..

Em todo o mundo, mais 800 milhões de pessoas padecem do mal ou de desnutrição. Todos os dias, morrem de inanição mais de 24 mil seres humanos - uma vítima a cada 3,6 segundos. Três quartos dos famintos são crianças com menos de 5 anos.

As imagens entram com tal violência pelos nossos olhos que quase conseguimos sentir o odor da morte e o gemido sofrido dos que tudo perderam...

Foram muitas as atrocidades que o homem tem cometido ao longo dos anos contra o seu semelhante espalhando o terror e morte. O que aconteceu e ainda acontece no Sudão, foi e continua sendo, na minha opinião, a pior de todas. A violência tão brutal quanto desumana, dizimou aldeias inteiras - mulheres, velhos e crianças, gente que não sabe sequer quão tênue era e é a linha que os distingue dos outros seres humanos, pois nem chegavam a saber o que era ter esperança no futuro..

Um assunto que continua com os refugiados de Darfur, com as centenas de milhares de deslocados que neste momento estão na fronteira da vida! Mas como disse, se essa hoje é a pior atrocidade de que o homem foi capaz até agora, se levarmos em conta nossa escala de "evolução", quem sabe em pouco tempo o ser humano consiga se superar e cometer extermínios piores..

Infelizmente eu perdi a inocência que me fazia sentir orgulho em pertencer à espécie humana. Melhor parar, seria desrespeitosa com as pessoas que ainda se importam e lutam para transformar "coisas feias" em coisas lindas. Pessoas que fazem a diferença...

Hoje: Cerca de 200 mil pessoas morreram desde então, mais 2 milhões foram forçadas a abandonar seus lares e se alojar em campos de refugiados no Sudão e no Chade. E o impasse continua...

Nenhum comentário: